CATÁLOGO/DICIONÁRIO

CONTEÚDO:

 

O repertório pianístico é imensamente variado e extenso.

Além do que já foi escrito, é enorme o número de compositores ativos.

Acredita-se que muito mais pessoas compuseram música a sério nos séculos XX e XXI do que em todos os outros séculos juntos! E esse aumento não foi somente numérico, mas também geográfico. Até certo tempo eram poucos os compositores encontrados em enciclopédias de música que não fossem alemães, austríacos, italianos, franceses ou russos. Uma pesquisa profunda deve incluir um número considerável de compositores de outros países europeus, das Américas, Ásia, África e Oceania.

Por isso será importante a criação deste catálogo/dicionário.

Espera-se que o resultado deste trabalho seja edificante, pois a sua realização tem sido, de certa forma, difícil.

Existem no mercado alguns catálogos de composições musicais em geral, nos quais encontra-se apenas pequena parte do repertório pianístico. A catalogação de obras específicas para piano vem suprir uma necessidade inerente a professores, alunos e demais pessoas interessadas em música. Com uma parte específica para compositores e obras brasileiras, ele será um importante veículo de divulgação da produção nacional de obras para piano.

O trabalho está sendo feito da seguinte forma:

listagem dos compositores por ordem alfabética;

pesquisa e organização de uma pequena biografia e a bibliografia pianística de cada compositor;

classificação por estilos e grau de dificuldade das peças (na medida do possível).